Artigo: O Brasil está a recrutar profissionais em 10 áreas diferentes (Fonte: Dinheiro Vivo)

Estudo da consultora Manpower revela que 71% dos patrões brasileiros sentem dificuldade em recrutar (recrutamento) profissionais em diferentes áreas

Com o crescimento económico do Brasil, as empresas estão a ter dificuldades para recrutar pessoal nas mais distintas áreas. Só em engenharia, ficam por preencher todos os anos mais de 20 mil postos de trabalho, num sector onde são precisos profissionais na indústria, petróleo e construção civil.

Os grandes eventos que se aproximam, como os Jogos Olímpicos e o Campeonato Mundial de Futebol, tem tido um grande efeito na procura de profissionais. Também o programa Casa Brasil, patrocinado pelo governo para dar uma casa a todos os brasileiros, está a absorver muitos profissionais no sector da construção civil, por exemplo.

O crescimento da classe média no país está a levar também a um aumento do consumo e consequentemente da indústria.

Segundo um estudo feito pela consultora de recursos humanos Manpower, 71% dos empregadores brasileiros sentem dificuldades de recrutamento em dez profissões diferentes.

Entre 41 países analisados pela consultora, o Brasil fica apenas atrás do Japão, onde 81% dos patrões se queixam das dificuldades em recrutar, sendo a média global de 34%.

“De acordo com nossa pesquisa, a dificuldade de preencher vagas no Brasil estão a crescer de ano para ano”, explica Riccardo Barberis, diretor da Manpower Group no Brasil ao jornal brasileiro Estadão.

“Do ano passado para cá, houve um crescimento de 15% na dificuldade relatada pelos empregadores em contratar”, acrescenta.

Estas são as dez profissões mais procuradas no Brasil actualmente

1. Engenheiros Segundo um estudo da consultora PageGroup, entre as ofertas de emprego analisadas 38% eram na área de engenharia. O aumento da construção no país, com o programa Casa Brasil, os Jogos Olímpicos e o Mundial de Futebol, e a descoberta de novas reservas de petróleo tem vindo a alavancar o sector.

2. Profissionais de tecnologias de informação A falta de profissionais ligados às tecnologias  de informação estende-se não só às empresas tecnológicas como de  diferentes áreas, assim como nos bancos, onde é necessário proceder à  gestão da rede informática e de telecomunicações.

3. Profissionais na área financeira Consultores da área de recursos  humanos afirmam que empregadores têm sofrido uma dificuldade crescente  para encontrar profissionais nesta área para ocupar posições em bancos,  seguradoras ou corretoras.

4. Comerciais O comercial moderno precisa de cada vez mais conhecimentos, passando pelo marketing, a comunicação ou a economia.

As empresas brasileiras precisam de comerciais especializados, com diferentes aptidões, assim como a capacidade de trabalhar sob pressão e de gerir equipas.

5. Técnicos As empresas brasileiras estão a deparar-se com grandes dificuldades para contratar técnicos em diferentes áreas desde a construção, indústria, electrónica, ou alimentar. O país ainda enfrenta uma grave lacuna em termos de ensino profissional, estando por isso a precisar de profissionais nestas áreas.

“Diante da carência estrutural do mercado brasileiro, é preciso investir mais” no ensino profissional, constata Ricardo Barberis, citando o exemplo da Alemanha.

6. Trabalhadores especializados O mercado laboral brasileiro também está a precisar de profissões mais especializadas como costureiras, sapateiros, electricistas, pintores, canalizadores e pedreiros. A escassez de profissionais nestas profissões é uma tendência global, sendo estes profissionais os mais procurados em todo o mundo.

7. Motoristas Neste momento, o Brasil existe também uma grande procura de motoristas de pesados no país, e segundo a Manpower, isto deve-se a várias mudanças nos sectores, como o facto das transportadores exigirem condutores mais exigentes e capazes de liderar com camiões mais modernos.

Segundo dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o número de veículos pesados existentes no país é 2,5 vezes maior do que o número de profissionais existentes.

8. Operadores de produção Também a indústria existe grande procura por mais profissionais. O crescimento da indústria no outro lado do Atlântico não foi acompanhada pelo aumento da formação destes trabalhadores.

9. Operários Neste momento existe uma grande procura por operários não especializados. Nestes sectores, são necessários trabalhadores mesmo sem experiência ou formação, segundo a Manpower.

10. Mecânico O Brasil também está a precisar de cada vez mais mecânicos automóvel. Além do crescimento do tráfego de pesados, está a crescer o número de brasileiros proprietários de automóvel, sendo por isso necessário cada vez mais profissionais especializados.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *